ATENÇÃO! Para ver pedidos anteriores a 28/03/17 CLIQUE AQUI

Consciência Negra em 4 fatos - alfabetização

O pacote "Consciência Negra em 4 fatos" traz, em suas 12 páginas, fatos relevantes à data, tratados de uma maneira simplificada e de fácil entendimento à crianças em fase de alfabetização.
A intenção do pacote é que o professor trabalhe uma das atividades por semana, completando ao final de quatro semanas a construção do conceito que facilita a compreensão da data, baseando-se em fatos relevantes à ela. Ao final do pacote, você ainda encontra duas atividades que podem ser dadas entre as principais, sendo que uma delas pode fazer parte de um projeto de pesquisa bem simples com sua classe.
Ao final do trabalho, seus alunos terão conhecimentos relativos à época da escravidão, saberão o que foram os quilombos e como eram formados, conhecerão um pouco sobre Zumbi e terão a data de 20 de novembro bem marcada em sua memória.
Um trabalho inesquecível, que merece ser desenvolvido!

Disponível: Em estoque

R$8,40

+ de 650 titulos diferentes

Foco em raciocínio, criticidade e autonomia.

Aumenta em até 30% o rendimento.

atividades diferentes e inteligentes.


Descrição

Detalhes

O pacote "Consciência Negra em 4 fatos" traz, em suas 12 páginas, fatos relevantes à data, tratados de uma maneira simplificada e de fácil entendimento à crianças em fase de alfabetização. A intenção do pacote é que o professor trabalhe uma das atividades por semana, completando ao final de quatro semanas a construção do conceito que facilita a compreensão da data, baseando-se em fatos relevantes à ela. Ao final do pacote, você ainda encontra duas atividades que podem ser dadas entre as principais, sendo que uma delas pode fazer parte de um projeto de pesquisa bem simples com sua classe. Ao final do trabalho, seus alunos terão conhecimentos relativos à época da escravidão, saberão o que foram os quilombos e como eram formados, conhecerão um pouco sobre Zumbi e terão a data de 20 de novembro bem marcada em sua memória. Um trabalho inesquecível, que merece ser desenvolvido! #culturaafricana

Fique por dentro das novidades se inscreva